NEWS THÁ
Receba a nossa newsletter.
Blog da Th
Especial Reserva Camboriú
Especial 7th

Paisagismo

Plantas no banheiro

Vasos e plantas podem embelezar qualquer ambiente, até o seu banheiro

Se você é do tipo que adora plantas dentro de casa, acredita que elas atraem boas energias e acha que um toque de natureza dá mais vida ao lar, vai adorar saber que vasos e plantas podem embelezar qualquer ambiente da sua casa, inclusive os banheiros.

Achou estranho? Pois é, muita gente acha que plantas não são adequadas ao banheiro porque essa parte da casa sofre constantes variações de temperatura. Além disso, é verdade que  locais com muita umidade, pouca ventilação e principalmente falta de luminosidade não oferecem boas condições para o cultivo.

Porém, a boa notícia é que existem vários tipos de plantas, de pequeno, médio e grande porte, que se desenvolvem bem no banheiro. Para Emmanuelle Carneiro, Paisagista da Esalflores, as plantas mais indicadas para decorar esse ambiente da casa são Lírio da Paz, Zamioculca, Peperômia, Asplênio, Avenca, Comigo Ninguém Pode, Espada de São Jorge, Caládio e outras do gênero. “Essas plantas se adaptam a ambientes mais úmidos, com luminosidade moderada e ventilação moderada”, justifica Emmanuelle. Para ambientes mais claros, com maior luminosidade, menor umidade e bem ventilados, Emmanuelle recomenda Kalanchoe e Violetas.

Confira abaixo algumas espécies que se adaptam melhor a umidade e a falta de luz natural:

Avenca: cresce melhor em ambientes com temperaturas médias a altas, precisa de alta umidade relativa do ar e de luz indireta (sem sol direto) para se desenvolver.

avenca

Zamioculcas: uma das plantas que melhor se adapta a lugares pouco iluminados. Resistente, requer poucos cuidados, poucas regas. Quanto maior o vaso, maior ela fica. Uma boa planta para banheiros espaçosos.

Cacto: o banheiro é um bom lugar para essa planta suculenta que sobrevive absorvendo a umidade do local. Nesse caso a recomendação é evitar o excesso de água.

Violetas: Violetas são perfeitas para enfeitar o seu banheiro. Só precisam de claridade e poucas regas, já que flor absorve a umidade do local.

violeta

Comigo Ninguém Pode: essa espécie resiste bem a falta de luz, além de inovar na decoração do banheiro. Porém, a folha dessa planta possui toxidades perigosas aos seres humanos e animais. Então, o melhor é evitar!

Lírio da Paz: fácil de cultivar, precisa de uma luz indireta ideal dos banheiros com iluminação natural. Regue frequentemente, mas cuidado com o excesso de água.

Lirio

Kalanchoe (também conhecida como calandiva ou flor da fortuna): é da família das suculentas, por isso não necessitam de uma rega frequente. Tem cores variadas e floresce no inverno. Perfeita para a pia do banheiro.

Calanchoe.. calandiva (4)

Para facilitar a adaptação das plantas, o paisagista Paulo Roberto Castellano, da Ecológica Paisagismo, recomenda que o banheiro seja arejado e tenha luminosidade natural, sem incidência do sol direto nas plantas. “A utilização de plantas no banheiro é benéfica, pois além de dar harmonia a este local, também serve para neutralizar energias negativas e desfavoráveis deste cômodo da casa. Considerando a doutrina do Feng Shui, o Lírio da Paz é a favorita para purificação do ambiente”, afirma Paulo.

Dicas também ajudam no cultivo das plantas no banheiro. Confira:

- O local precisa ter uma boa ventilação, claridade e um espaço bom para não atrapalhar.

- Como o maior problema para as plantas é a falta de luminosidade, é bom que o banheiro tenha uma janela que permita a entrada da luz solar. Mesmo as espécies mais resistentes precisam de um pouco de claridade.

- As plantas necessitam de regas periódicas, de acordo com a sua espécie, mas cuidado para não deixá-las expostas a água do chuveiro. Por isso, não coloque plantas dentro do box.

- Nos banheiros com pouco espaço, evite colocar plantas que espalham suas folhas. A planta tem que enfeitar e não atrapalhar.

- Antes de adquirir uma espécie, sempre pesquise sobre a toxidade das plantas.

E lembre-se: o cuidado das plantas no banheiro é o mesmo para plantas envasadas ou plantadas diretamente no solo em outros ambientes. “Considere a adubação semestral, podas no período de hibernação ou dormência das plantas na estação de inverno e regas periódicas nos período mais quentes do ano”, alerta Paulo.

As plantas ajudam a manter a umidade do ambiente, absorvem as energias negativas, purificam o ar e deixam essa parte da casa mais charmosa. Então, por que não trazer a natureza para dentro do banheiro?

Fotos: Esalflores e Ecológica Paisagismo

Voltar
Compartilhe: Twitter Facebook
  Publicado em: 24/02/2012
Envie para um amigo Imprimir
Veja também os assuntos relacionados
Um comentário
margaridabraga 31 de março de 2013 às 04:26
Aproveito para compartilhar:comigo ninguém pode é uma planta tóxica. Tinha um vaso no banheiro e acordava todas as manhãs com uma forte dor de cabeça. Realmente é bom evitar colocá-la dentro de casa...
Deixe um comentário
Nome:* E-mail:* (não será publicado)
Site:
Comente:
* Campos obrigatórios
LANÇAMENTOS
 
Redirect - Digital Marketing